Fimose | Dr. Gustavo Battistetti | Médico Urologista

Sistema Reprodutor

Fimose

Fimose é uma condição em que o prepúcio é muito apertado para ser puxado para trás sobre a cabeça do pênis (glande).

A fimose é normal em bebês e crianças pequenas, mas em crianças mais velhas pode ser o resultado de uma condição da pele que causou cicatrizes. Geralmente não é um problema, a menos que cause sintomas.

O tratamento é necessário nos casos em que a fimose causa problemas como dificuldade em urinar, infecções recorrentes e dor.




Desenvolvimento normal

A maioria dos bebês tem um prepúcio que não recua (retrai) porque ainda está preso à glande.

Isso é perfeitamente normal nos primeiros 2 a 6 anos. Por volta dos 2 anos de idade, o prepúcio deve começar a se desprender naturalmente da glande.

O prepúcio de alguns meninos pode levar mais tempo para se separar, mas isso não significa que haja um problema - ele apenas se desprenderá posteriormente.

Nunca tente forçar o prepúcio de seu filho antes que ele esteja pronto, pois pode ser doloroso e danificar o prepúcio.




Quando a fimose é um problema?

A fimose geralmente não é um problema, a menos que cause sintomas como vermelhidão, dor ou inchaço.

Se a glande do seu filho estiver dolorida e inflamada, ele pode ter balanite (inflamação da cabeça do pênis).

Também pode haver uma descarga espessa sob o prepúcio. Isso ocorre quando glande e o prepúcio estão inflamados, é conhecida como balanopostite.

Leve seu filho a um Urologista se tiver esse tipo de sintoma. Ele poderá recomendar o tratamento apropriado.

A maioria dos casos de balanite pode ser tratada com facilidade usando uma combinação de boa higiene, cremes ou pomadas e evitando substâncias que irritam o pênis.

As vezes a balanopostite também pode ser tratada seguindo medidas simples de higiene, como manter o pênis limpo lavando-o regularmente com água morna ou sabonete neutro.

A urina pode irritar a glande se for retida por longos períodos sob o prepúcio, portanto, se possível, sempre deve-se retrair o prepúcio completamente ao lavar a glande.

Se a balanopostite for causada por uma infecção bacteriana ou fúngica pode ser necessário um curso de antibióticos ou um creme antifúngico respectivamente.

Nos adultos, a fimose pode ocasionalmente estar associada a infecções sexualmente transmissíveis (iSTs) ou até Diabetes.

Também pode ser causado por várias condições de pele diferentes, incluindo:

   •Eczema - uma condição crônica que faz com que a pele fique com coceira, vermelha, seca e rachada

   •Psoríase - uma condição da pele que causa manchas vermelhas, escamosas e com crostas de pele cobertas por escamas prateadas.

   •Líquen plano - uma erupção cutânea não infecciosa que pode afetar muitas áreas do corpo.

   •Líquen escleroso - uma condição cicatricial do prepúcio (e às vezes dá glande) que provavelmente é causada pela irritação urinária em homens e meninos suscetíveis.

Muitas vezes, o tratamento dessas condições pode ser feito com esteróides tópicos (um creme, gel ou pomada que contém corticosteróides).

A fimose pode causar dor, rachaduras ou falta de sensibilidade durante a relação sexual. O uso de preservativos e lubrificantes pode Melhorar os sintomas.




Quando a cirurgia é necessária

Na criança, A Postectomia (cirurgia de correção da fimose) é indicada quando o tratamento clínico com pomada e/ou massagens, dependendo do caso, não responde ou em casos com complicações como obstrução urinária e infecções de repetição. Além disso, crianças com refluxo vesico-ureteral também devem operar a fimose devido o risco de complicações graves pela infecção urinária.




O que é parafimose?

Parafimose é quando o prepúcio não pode ser retornado à sua posição original após ser retraído.

Faz com que a glande se torne dolorosa e inchada e requer tratamento médico de emergência para evitar complicações importantes como fluxo sanguíneo restrito ao pênis ocasionando necrose e infecções graves.

Pode ser possível reduzir a dor e a inflamação aplicando um gel anestésico local no pênis e pressionando a glande enquanto puxa-se o prepúcio para frente (retornando a sua posição normal).

Em casos difíceis, pode ser necessário realizar uma pequena incisão no prepúcio para ajudar a aliviar a pressão ou a realização da postectomia pode ser recomendada.

Em casos muito graves, a falta de fluxo sanguíneo no pênis pode causar a morte do tecido (gangrena) e a remoção cirúrgica do pênis pode ser necessária.




Como realizar a Higiene do pênis?

É importante a realização de uma higiene adequada e regular do pênis para evitar o desenvolvimento de problemas.

Deve-se:

   •Lavar delicadamente o pênis com água morna todos os dias durante o banho.

   •Puxar cuidadosamente o prepúcio (se tiver) e lavar por baixo; não forçar ao puxar o prepúcio de um bebê ou menino pois pode ser doloroso e causar danos.

   •Quando optar por sabonetes preferir um suave, neutro ou não perfumado para reduzir o risco de irritação.

   •Evite uso de talcos ou desodorizantes no pênis, pois podem causar irritação.


Homens postectomizados também devem higienizar regularmente o pênis com água morna e sabonete neutro.




Assista a explicação

higienização_penis_banho

Leia mais sobre:

Como manter a higiene adequada do genital masculino.

Dr. Gustavo Battistetti

Formado na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Residência em Cirurgia Geral na Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande. Residência de Urologia na Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande. Título de especialista pela Sociedade Brasileira de Urologia (TiSBU).

Gustavo Battistetti - Doctoralia.com.br