Varicocele - Gustavo Battistetti

Sistema Reprodutor

Varicocele

Definição

Varicocele é a dilatação das veias do cordão espermático (veias que drenam o testículos) doença muito comum, ocorrendo em 15% dos homens. Pode ocorrer dos dois lados ou de um lado só sendo o lado esquerdo o lado mais afetado (90% dos casos). Raro antes da puberdade e presente em 10% dos adolescentes. Ela pode levar a problemas de fertilização ou dor testicular.

Etiologia

A incompetência das válvulas na veia espermática leva ao fluxo retrogrado de sangue, causando dilatação da veia e tortuosidade do plexo paminiforme (conjunto de veias que drenam o testículo).

A veia espermática interna esquerda entra na veia renal em um angulo reto, logo, predispõe a uma drenagem sob alta, pressão comparado com a drenagem do lado direito, que entra diretamente na veia cava e em um nível inferior. Por isso o lado esquerdo é mais propenso a desenvolver a varicocele.

Essa dilatação das veias que drenam o testículo afeta o mecanismo de troca de calor por contra corrente que resfria o sangue arterial ao alcançar o testículo resultando em um aumento da temperatura escrotal, e consequentemente efeitos deletérios na espermatogênese (produção de espermatozoides) e, em alguns casos, diminuição do volume testicular.

Sintomas

A maioria não apresenta qualquer sintoma, embora varicoceles grandes podem causar dor ou uma sensação de peso na área escrotal. A varicocele é identificada pelo medico como uma massa de veias dilatadas e tortuosas localizada acima do testículo (Semelhante a um saco de minhocas) que some ao deitar.

Tratamento

O tratamento é cirúrgico e as indicações em adolescentes são, varicocele grande bilateral, varicocele em testículo único, atrofia testicular maior qua 20% (quando comparado com o lado não afetado), e anormalidade na espermatogênese presente em pacientes maiores de 18 anos.

A cirugia pode ser aberta ou laparoscópica:

Cirurgia aberta:

  1. Acesso retroperitonial (Palomo) - Ligadura da veia espermática interna.
  2. Acesso inguinal (Ivanissevich) - Ligadura das veias espermática externa
  3. Acesso subinguinal (Marmar) - Ligadura das veias espermática externa com auxílio de microscópio. (Esta é a técnica que parece ter os melhores resultados).
  4. Cirurgia laparoscópica - Ligadura da veia espermática interna.

Embolização

Técnica onde a veia femoral é usada como acesso para a veia espermática realizando-se assim a venografia e a embolização (com micro-molas de metal ou outro agente esclerosante), com taxa de sucesso de 83%.

Complicações da cirurgia: 1 Recorrência da varicocele. 2 hidrocele. 3 atrofia testicular. 4 dano ao nervo ilio-inguinal com dor crônica.

O tratamento cirúrgico da varicocele tem taxa de sucesso de 95% e melhora nos parâmetros do espermograma em 70% dos casos.

Dr. Gustavo Battistetti

Formado na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Residência em Cirurgia Geral na Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande. Residência de Urologia na Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande. Título de especialista pela Sociedade Brasileira de Urologia (TiSBU).

Gustavo Battistetti - Doctoralia.com.br